quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Nossa São Paulo

Ao olharmos São Paulo, pensamos e tantas coisas pelas quais formam esta cidade. Dentro de sua arquitetura temos a estação da Luz, que é uma das mais antigas construções. Criada no ano de 1867 com um estilo inglês conhecido como The São Paulo Railway que era uma linha de trem que fazia o cominho de Jundiaí ao interior de São Paulo.
A estação crescia cada vez mais, por isso precisaram criar uma nova ferrovia, pois a demanda de café que era exportada aumentava e a ferrovia não dava conta de fazer todos os transportes, então em cima desta estação o arquiteto Charles Henry Driver criou uma nova.
http://www.azougue.com/pics/antigamente/saopaulo/estacao%20da%20luz.gif

Os materiais para essa construção foi enviado todo pelo oceano Atlântico, onde veio toda desmontada em cima de navios. No dia 1º de março de 1901 foi inaugurada a nova estação tornando-se símbolo importantíssimo na exportação de café. Mas em 1946 a estação sofreu um incêndio criminoso deixando apenas a ala oeste sem ser afetada.
Em 1947 a estação Inglesa como era conhecida na época foi nacionalizada e titulada de Ferro Santos – Jundiaí até o ano de 1951. Até que a CPTM ( Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) resolveu desenvolver um projeto Integração – Centro que faz com que o acesso as linhas de metrô fiquem mais fáceis para o uso publico na acessibilidade.

http://wikitravel.org/upload/pt/c/c7/Esta%C3%A7%C3%A3o_da_luz.jpg
A estação da Luz também comporta um dos melhores pontos turísticos da cidade o Museu da Lingua Portuguesa, que fica situado na própria estação. Futuramente espera-se que a situação da Estação mude pois estão pensando em fazer da mesma integração de quatro linhas, facilitando ainda mais o acesso das pessoas aos demais lugares.
Texto base: http://://www.aprenda450anos.com.br/450anos/ vila_metropole/2-3_estacao_luz.asp

Autoria: Ingrid Bernardes Soares 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada... Carpe Diem!!